Awakened Life Project : Projeto Vida Desperta Rotating Header Image

O Nosso Próximo Passo Evolutivo

A Criação de uma Cultura Desperto Além do Ego

logo

Datas

LISBOA: Nov 26, 10:30-17:30, Darshan Zen Osho Meditation Center, 90€

.Junte-se a Peter Bampton numa viagem para este novo potencial humano.

Prefere tornar-se num ser humano espiritualmente desperto sozinho e depois encontrar uma maneira de se encaixar na realidade existente ou prefere acordar espiritualmente num contexto compartilhado com muitos outros, com o objectivo de transformar a realidade existente?

Para aqueles de nós que aspiram a criar o nosso proximo passo evolutivo a coisa mais importante é a cultura compartilhada que criamos nas nossas relações uns com os outros. Como nos podemos relacionar de tal maneira que a realidade espiritual de quem realmente somos, para além dos nossos egos individuais, vem à tona e define as nossas acções?

Na maioria dos caminhos espirituais tradicionais o indivíduo descobre a revelação de uma consciência através de uma viagem solitária interior de meditação e transcendência. Qualquer um pode sentir a consciência sem ego na quietude de sua própria meditação. Mas o futuro está a pedir algo mais…

humancastle

O próximo passo na evolução da humanidade é baseado num avanço para uma experiência compartilhada e o reconhecimento da consciência para além do ego. É um salto da individualização extrema para uma consciência maior em que é possível sentir exactamente a mesma revelação esmagadora da dimensão absoluta com os olhos abertos, num contexto que não é de retirada e calma, mas uma de criatividade e actividade.

sp_practice

Descobrimos um estado de consciência em que estamos todos conscientes de que existe apenas Um só e mesmo assim, simultaneamente, estamos a participar como muitos, um estado no qual somos capazes de sentir uma profunda comunhão e de autonomia poderosa ao mesmo tempo. Quando isto ocorre sentimos que fazemos parte da energia e inteligência que criou o universo e sentimos isso no corpo, na relação com outros, não só no silêncio da revelação interior.

Este workshop irá incluir meditação, apresentações, um filme muito inspirador, grupos de trabalho interactivo, e oportunidade para perguntas e respostas.

Testemunhos

Desde há muitos anos que tenho seguido a via espiritual. Contudo, é só desde há um ou dois anos, em contacto com um grupo espiritual nos E.U.A. , que me parece claro que o método ou via espiritual que mais nos convida agora é o de demonstrar o Uno na prática.

Somos o Uno, vimos do Uno e vamos para o Uno. Isso é verdade, e uns de nós sentem-no mais que outros. Mas, para assumi-lo, parece-me que a melhor forma é trabalharmos o ego em grupo. Já todos vamos trabalhando o ego sózinhos ou em workshops, mas o próximo passo evolutivo é demonstrar na prática que estamos dispostos a trabalhá-lo em grupo, ou seja a considerá-lo de forma objectiva, como algo comum a todos, algo que podemos partilhar e de que não temos vergonha. Pois a verdade é que os problemas individuais obedecem a certos padrões comuns a todos nós, nomeadamente os dos medos, das defesas, dos sabotadores internos, dos hábitos e os das falsas identidades.

Peter Bampton é alguém que tem muita experiencia deste tipo de trabalho. Alguém que trabalha desde o espiritual á terra. Parece-me pois entusiasmante o desafio que nos está a lançar.

Joao Motta, Lisboa, Fundador de Despertar Portugal

Nós amamos a sua palestra e sua maneira muito clara e memorável de expressar verdades profundas. A bola de neve está ganhando força e eu acho que há um monte de nos preparar para o próximo salto!

Jenny Fernandes, Lisboa

O seu workshop e palestra tocou-me bem fundo…como se alguém estivesse a articular exactamente aquilo que eu sempre tinha pensado mas não tinha sistematizado.

Susanna Antunes, Lisboa

Fiquei agradavelmente surpreendida por ter finalmente ouvido alguem a abordar um tema da mesma forma como sempre senti que deveria ser abordado: sem misticismos. Não separatista. Tem sido uma mais valia para mim  o modo como passei a identificar melhor o meu Ego  e a evitar  consumir-me em preocupações e sofrimentos: integrei que o ego não é mais um inimigo o qual tenho que gastar  energias a combater: mas  sim “o vizinho indesejável” que me motiva a “escolher outro apartamento”,  ou o  condutor abusivo que conduz o m/ Ser por caminhos tortuosos e que me impele a passar para o lado do condutor. Fabuloso! Faz todo o sentido!

Ana Guerreiro, Lisboa

Adorei a sua Palestra. Senti mesmo que estava em resonancia com o que procuro. Ate muito em breve e agradecida por tudo principalmente pela coragem de inovar.

Madalena Passos, Lisboa

Bom, devo confessar-te que me surpreendeu…E, o que senti foi um enormeeee SIM! Estava a ouvir-te e de inicio dei por mim a fazer um gesto com as mãos, como se te pedisse silêncio…Do género “cala-te porque o que estás a dizer mexe com muita coisa”… muitas teias de ideias envelhecidas que fazem perder tantas vidas… e pode ser perigoso! Mas, depois pensei, ou melhor…senti…senti no âmago do meu SER…este Ser faz grande trabalho …desmascarar as “forças” que nos prendem na ignorância mascaradas por séculos de ” bom comportamento”…Porque mesmo os seres que se consideram mais espirituais ficam presos a isso… a essa “ideia”, a sua ideia do que é Ser “espiritual”.E o que é Ser espiritual afinal? Procurar a “iluminação” e depois…Continuei a escutar-te e, há medida que ias avançando uma ideia que um dia ouvi alguém dizer-me bateu. É uma expressão em inglês e que diz: ” what cames after ligth…after ligth… laundry”.Ou seja, depois de um percurso até DEUS…fazes o trabalho…em DEUS. Senti que a tua proposta é um convite bastante claro, desmistificado e real de começar um percurso de VERDADE. E todas as “máscaras” do “ego” que te propões expôr libertam-nos de teias…tieas de aranha mentais e até emocionais e,  para mim, resumem-se todas no MEDO, no medo que todos temos da LUZ que somos. Mas, nas muito sábias palavras de uma amiga americana “FEAR mens only- False Evidence Appears Real”. E o que senti foi que a tua proposta de trabalho é a de lançar um olhar renovado sobre cada um de nós liberto de máscaras, liberto de False evidence. Grata pela intensidade do momento que nos proporcionaste na palestra e pela coragem com que buscas a verdade.

Paula Oliveira, Lisboa

Só agora me é possível agradecer pelo retiro que organizou, o qual me tem ajudado muito na viagem espiritual. Há momentos com alguma dor relacionados com emoções do passado, mas a consciência que eu sou, dá luz a cada experiência originando libertação das máscaras do ego. Após o retiro, ocorreu-me uma experiência de fazer uma escolha no sentido de rejeitar alguem com base em emoções do passado. Tal como manifestei a energia da rejeição, de imediato a atraí e senti que ao fazer isso à outra pessoa era a mim que o fazia e sofri muito por isso! Através desta experiência, eu senti verdadeiramente que somos todos Um! Obrigada!

Cristina Feliciano, Coimbra

“Para uma mãe de família, que trabalha a tempo inteiro e cultiva legumes biológicos nos tempos livres, disponibilizar todo um fim-de-semana não é uma decisão fácil. Decidi ir porque conheço o Pete e a Jutta, sei que são pessoas honestas, motivadas por uma convicção profunda e que se esforçam por causas.

O retiro começou com uma óptima refeição, num espaço bonito e inspirador, ao que se seguiu uma meditação, fundamentalmente o que vimos procurar. Não é fácil disciplinar o corpo, disciplinar as emoções e a mente mas tivemos oportunidade de treinar bastante ao longo do fim-de-semana. Foi-se alternando entre ensino e meditação, alimentando mente o espírito e o corpo, esse, reconfortado com boa alimentação vegetariana.

O verdadeiro impacto senti-o ao regressar ao quotidiano, ao ensaiar as pequenas-grandes mudanças que necessariamente têm de ser feitas para progredir na verdadeira via. Fica um balanço muito positivo do investimento do tempo, sempre escasso enquanto se têm compromissos. E a consciência de que agora é que vai começar…ou recomeçar.”

Candida Siegel, Coimbra

Trouxeste uma parte do puzzle muito importante: O Ego e as suas aparências são impessoais ou com outra palavra: universais. Durante este dois anos em quais podia assistir os teus ensinos, fizestes-me perceber o significado deste facto tão importante. Com o resultado de ser capaz de observar o meu Ego com os seus pensamentos sem entrar no drama habitual. Em outras palavras: Posso sentir o meu ego com muita força. Lembrando que não é nada especial e que todas as pessoas passam pela mesma experiência, posso seguir a intenção que não quero nada mais do que ser livre, em vez de ser vítima. Isto significa uma grande libertação que é difícil descrever com palavras. Uma libertação que manobra na minha vida do dia-a-dia e no mesmo tempo dá força de expandir no sentido da minha destinação.

Iniciei um grupo de meditação depois do Retiro de dois dias contigo, uma ideia com qual já andei anos. Percebi que sou capaz de realizar os meus sonhos, quando conheço bem a minha intenção. Sinto muita gratidão. Considero muito a tua maneira simples de explicar coisas profundas e mais do que tudo isto aprecio que tu vives o que ensinas.

Jutta Weiske, Montemor-o-Velho

A perspectiva evolucionária que tem sido apresentada nas sessões tem ressoado fortemente comigo e a simplicidade apaixonada com que o Pete trata todas as questões da evolução da consciência é extraordinariamente inspiradora.

Ter alguém a indicar-me de forma clara como, a cada momento de cada dia, posso mudar o controlo da minha vida do Ego para o Autêntico Ser tem sido muito efectivo para enfraquecer o Ego e criar espaço para a expressão de Mim. Agora possuo ferramentas concretas para seguir a minha jornada espiritual e em grupo a experiência tem sido certamente muito mais poderosa.

A cada dia noto o desenvolvimento de uma consciência mais apurada, de uma perspectiva mais alargada e de vislumbres mais frequentes de que somos todos Um. É inexplicável o quanto me entusiasma a ideia de até onde nos levarão as nossas potencialidades e este curso está a ser fundamental no meu despertar para uma realidade maior.

Natasha Leite, Coimbra

*************************************************************************************************************************************************

Peter Bampton – Biografia:

me 018

Peter Bampton é um visionário evolutivo, instructor espiritual e activista de permacultura.

Nascido em Inglaterra, Pete Bampton estudou Literatura na Universidade de Londres, tendo, depois, viajado pelo mundo, desde a América à Ásia, passando pela Austrália, em busca de respostas para as questões mais profundas: Quem sou eu? Por que estou aqui?

Após anos de aventuras, atingiu a compreensão profunda da Unidade, num retiro de meditação na Tailândia. Durante alguns anos, percorreu activamente o caminho budista na “Western Forest Sangha” com Ajahn Sumedho, realizando muitos retiros de meditação intensa e por pouco não se tornou num monge budista.

Em 1992, conheceu Andrew Cohen, um mestre espiritual iluminado, americano, com quem experimentou um despertar explosivo que mudou o curso da sua vida. Desta forma, enveredou pelo estudo do Ensino Contemporâneo sobre Iluminação Evolucionária de Andrew Cohen, vivendo, durante 13 anos, em comunidades inglesas e norte-americanas dedicadas à evolução da consciência. Ao longo desse período, editou livros, foi editor associado da revista EnlightenNext, liderou discussões em grupo e aprendeu imenso acerca da forma de catalisar a transformação humana ao nível individual e colectivo.

Mais recentemente, procurando juntar estas revelações à mudança para uma vida mais sustentável, completou um Curso de Design de Permacultura, estando agora a desenvolver o Projecto de Vida Desperta numa quinta, outrora abandonada, situada na Serra do Açor, no Centro de Portugal. Em conjunto com a sua esposa Cynthia, promove cursos e um programa de estágio destinado a proporcionar às pessoas uma experiência holística que envolve evolução espiritual, meditação, vida sustentável e dieta saudável.

Contacto: pete.bampton@gmail.com